San Diegirls

O Blog Mágico de San Diego

Blog

A Breve Segunda Vida de Bree Tanner

Posted by San Diegirls on June 28, 2010 at 8:04 PM



Título: A Breve Segunda Vida de Bree Tanner

Autor(a): Stephenie Meyer

Editora: Intrínseca

Número de páginas: 192


Bree Tanner mal se recorda da vida que tinha antes de descobrir seus sentidos extremamente aguçados, os reflexos sobre-humanos e a força física sem precedentes. A vida antes da insaciável sede de sangue… Antes de ser uma vampira.


O que ela sabe é que a rotina em um bando de recém-criados é de poucas certezas, e de ainda menos regras: fique alerta, não chame atenção para si mesmo e, acima de tudo, volte para casa antes do nascer do sol, ou será destruído. O que ela não sabe: seu tempo como imortal está se esgotando. Depressa.


Bree encontra em Diego um amigo inesperado, outro jovem vampiro atormentado pelas dúvidas a respeito do monstro que os criou – alguém que conhecem simplesmente por Ela. Quando os dois percebem que são apenas peões em um jogo cujas proporções jamais imaginaram, é preciso descobrir em quem acreditar. Mas se tudo o que você sabe sobre sua espécie é uma farsa, onde estará a verdade?




 

 

Foi uma surpresa quando Stephenie Meyer anunciou, há algumas semanas, que estava lançando um novo livro, sobre a menina vampira recém-nascida que morreu injustamente no livro da saga Crepúsculo, Eclipse. Bree Tanner aparece por no máximo 5 minutos em Eclipse, mas sua história é contada no livro “A breve segunda vida de Bree Tanner”.


Muita gente não deu muito valor pra essa nota, porque viam em outros personagens histórias mais interessantes. Mas desde o momento em que Bella tem aquele breve momento com ela na clareira, eu sempre me perguntei quem foi aquela garota, que, enganada por sua criadora, tentou construir uma vida nova, e encontrou um fim trágico nas mãos de corruptos.


Em Eclipse, Bree é apenas mais uma vampira recém-nascida, animalizada, sedenta por sangue. Mas poucos sabem que aquele momento tinha pouquíssimo a ver com a sede pelo sangue de Bella, e sim pela dor da perda de amigos, a dor de ser enganada, e a certeza que sua morte está próxima.


Bree nos mostra a vida de um vampiro normal, que se alimenta de sangue humano, sem a piedade que os Cullen apresentam. Curiosamente, o grupo de recém-nascidos criados por Victoria não sai a luz do dia, porque ainda sustentam o medo perpetuado pelas histórias e lendas. Eles também não tem a preocupação de esconder sua natureza, revelando que Victoria não se preocupou em explicar as verdadeiras regras, revelando aí seu verdadeiro objetivo ao criar os recém-nascidos.


Entretanto Bree, com seu amigo Diego e, de certa maneira, com Freaky Fred, descobre todas as coisas não reveladas, não vendo, porém, as mentiras que Riley e, consequentemente, Victoria, contavam. A sua ingenuidade selou o seu destino e de seus amigos.


Mas Bree é esperta.Prefere ler dezenas de livros a participar de disputas inúteis com os outros, se preservando e resguardando forças, comportamento que manteve não só ela, mas Diego e Freaky Fred, vivos e quase intactos até a hora da batalha com os Cullen.


“A breve segunda vida de Bree Tanner” pode ser um livro minúsculo, mas incita emoções tão profundas quanto as que sentimos enquanto lendo “A Hospedeira”(Stephenie Meyer, editora Intrínseca) por exemplo. Ainda mais porque, se você já leu Eclipse, sabe muito bem como a história termina. E por que Stephenie se deu ao trabalho de escrever uma história trágica, já conhecida por muitos? Porque Bree tem segredos, e eles precisam ser ouvidos.


Resenha por Gabriela (Gani)

 

 

 


Categories: Editora Intr�nseca, Stephenie Meyer, S�ries/Sagas

Post a Comment

Oops!

Oops, you forgot something.

Oops!

The words you entered did not match the given text. Please try again.

Already a member? Sign In

0 Comments

Categories