San Diegirls

O Blog Mágico de San Diego

Blog

Para Sempre

Posted by San Diegirls on December 28, 2009 at 10:32 PM


Título: Para Sempre (Os Imortais, vol. 1)

Autor(a): Alyson Noël

Editora: Intrínseca

Número de páginas: 295

 

Quando Ever Bloom anda pelos corredores do sua escola, sua presença não é notada. Vista como maluca, aberração , Ever tem como companheiros seus moletons com capuz e seu IPod, sempre no volume máximo.

 

O que ninguém sabe é o motivo por trás do seu isolamento. Ever, que poderia muito bem compor o lado popular de sua escola, sendo loira e atlética, vê a aura das pessoas. Sim, é aquela energia que fica em torno do corpo, aquela que faz o seu cordãozinho girar quando você brinca de pêndulo. Além disso, Ever consegue decifrar pensamentos.

 

Nem sempre as coisas foram desse jeito. Ever foi uma garota normal, líder de torcida, pai e mãe felizes, uma irmã chatinha-mas-legal, amigos, namorado, etc,etc,típico filme adolescente americano. Entretanto sua família inteira sofre um acidente de carro, e apenas Ever sobrevive, adquirindo seus dons de uma EQM (Experiência Quase-Morte).

 


É aí que minha chateação com o livro começou. Eu entendo o porquê da Ever estar depressiva, afinal perder a família inteira deve ser um peso quase impossível de suportar. Ainda assim, há um limite entre estar triste e ser extremamente chata.

Eu particularmente gosto de personagens femininas fortes, independentes e corajosas. Ever me pareceu fraca e superficial. Tudo bem, pra aguentar muitos pensamentos negativos a sua volta, lidar com a energia das auras e lidar com a aparição de sua irmãzinha morta, é necessário que se tenha um espírito forte. Entretanto falta-lhe a coragem para lidar com tudo isso de uma maneira menos infantil.

 

Além disso, seus dois melhores e únicos amigos no colégio chegam a irritar de tão simplórios. Haven é a pseudo gótica desesperada por atenção, enquanto seu amigo Miles é a caricatura do adolescente gay.Quem tem um pouquinho mais de simpatia e é um tanto mais complexa é Riley, a irmã de 12 anos de Ever, que ,como fantasma, fica perto de sua irmã por nenhum motivo aparente.

 

Como todo chick-lit, há o surgimento de um mocinho, galã. Damen é incrivelmente lindo, consegue fazer todo o tipo de tarefas, sejam manuais ou intelectuais, com incrível destreza ,e no topo disso, faz mágicas impressionantes. Ainda assim, quanto mais Ever o considerava, mais chato eu o achava. A única coisa que me despertou o interesse, e que com certeza despertou o interesse de Ever inicialmente, foi o fato de que Damen não possuía aura. Nem quando estava irritado, apaixonado, com cíumes, nada,zero,nothing. E a partir desse pequeno pormenor o enredo de mistérios sobrenaturais se desenrola.

 

OK, não é tão ruim como eu digo. Talvez seja, mas ao mesmo tempo ocorreu algo que não acontecia desde que li “A Hospedeira”: eu simplesmente não consegui largar o livro. Passava dia e noite lendo, em todos os lugares que se possa imaginar (imaginem TUDO). De fato, me lembro de estar escovando os dentes às 3:30 da madrugada e estar com o livro aberto, lendo o final,tentando descobrir o que Damen era na verdade, e por quê Ever tinha seus dons.

 

Para Sempre é o primeiro de uma série de 6 livros. Comparado a “Crepúsculo” por razões que a autora deste post desconhece, o livro pode tanto agradar quanto fazer você querer jogá-lo na privada, à la Gina Weasley e o diário de Tom Riddle.


Resenha por Gabriela

 

Categories: Alyson Noel, Editora Intr�nseca, S�ries/Sagas

Post a Comment

Oops!

Oops, you forgot something.

Oops!

The words you entered did not match the given text. Please try again.

Already a member? Sign In

1 Comment

Reply Natacha
10:43 PM on December 31, 2009 
Gostei desse livro..apesar da grande semelhança com Crepúsculo, vou ler os outros para ver se algo + interessante acontece.

Não sei se a Ever realmente é fraca ou se seu tão querido Damen a deixa assim. É comprar para ver rsrs.

Categories