San Diegirls

O Blog Mágico de San Diego

Blog

Anno Dracula

Posted by San Diegirls on May 4, 2010 at 9:33 PM Comments comments (0)


Título: Anno Dracula

Autor(a): Kim Newman

Editora: Aleph

Nº de páginas: 376

Conde Drácula não sucumbiu diante de Van Helsing e de seus destemidos companheiros. Ao contrário. O Rei dos Vampiros derrotou-os, desposou a Rainha Vitória, nomeou discípulos para funções burocráticas do Império e espalhou sua linhagem sombria por toda a Inglaterra. No coração da Londres vitoriana, um assassino está mutilando jovens vampiras e ameaçando a estabilidade do novo regime. Seu nome, Jack, o Estripador.

Sofisticado e original, Anno Dracula recria um universo extraordinário no qual transitam os mais diversos – e improváveis – personagens, todos reunidos sob a névoa que inebria a imaginação do leitor. Uma aventura sarcástica e sangrenta que eleva Kim Newman à condição de mestre da literatura de horror.

Retirado do site da editora


4 estrelas¹


Anno Dracula é um livro de vampiros old school, se é que você me entende. Tanto é que gira em torno de Dracula, o clássico personagem de Bram Stoker. Tem muita violência, do tipo nojenta e assustadora, questões políticas, questões morais e até questões religiosas. A base histórica do livro também não deixa a desejar, pois não excluí o que se passava no mundo naquele tempo, na realidade, fazendo referência a vários personagens históricos.


Após a derrota de Van Helsing, ser vampiro é a última moda. O vampirismo foi legalizado. E tudo virou um caos. Como toda mudança brusca na sociedade, há sempre um grupo que se opõe. Há racismo de todos os lados. Revoltas a todo momento. Alguns com sede de poder, outros com nojo do poder atual. E então, para abalar tudo isso, vem o Faca de Prata.


Você começa o livro achando que o Faca de Prata é o mistério do livro, o enredo... mas não é. Os assassinatos do Faca de Prata que dão início a uma investigação que vai perpassar todas aquelas falhas no sistema vigente, aparentemente invisíveis, ou melhor, que costumam ser ignoradas.


O livro é narrado em 3ª pessoa, e Newman consegue te passar o ponto de vista de cada personagem como se os próprios estivessem narrando seus pensamentos. Você vê todos os lados da história – ou quase todos –, o que te permite analisar racionalmente as atitudes de cada personagem. Eu adoro quando os autores nos dão a chance de entender o que se passa na mente do “vilão”.


Podemos dizer que os personagens principais são Geneviève Dieudonné e Charles Bureaugard, que são as peças principais na investigação do caso do Faca de Prata. Ela, vampira, ele, humano. Ela, uma anciã. Ele, um burocrata. Como eu disse, o livro aborda tantos aspectos que não dá para detalhar todos. Enquanto o Faca de Prata suscita guerras entre o povo, Geneviève e Charles provam que, não importa quão diferentes eles sejam, a convivência e o respeito mútuo é possível. E talvez provem um ao outro e... oi? Que? Como?


Anno Dracula é livro maduro. Você se pega esperando um final feliz, uma resolução, um romance, mas esse não é o objetivo do livro. E qual é o objetivo do livro então, você deve estar se perguntando. Haha, não conto! Você tem que ler. O livro peca um pouco no quesito mistério, pois explora pouco justamente os mistérios que nos deixam com as unhas carcomidas. Mas, em compensação, tem um final surpreendente! Revoltante, mas com certeza muito imprevisível.



Resenha por Isadora C.


¹ Acho o livro digno de 4 estrelas por ser bem escrito e criativo, mas não o considero viciante. Que isso fique claro.


Categories