San Diegirls

O Blog Mágico de San Diego

Blog

Fazendo Meu Filme 3

Posted by San Diegirls on December 15, 2010 at 9:29 AM Comments comments (0)



Título: Fazendo Meu Filme 3 - O Roteiro Inesperado de Fani

Autor(a): Paula Pimenta

Editora: Autêntica (selo Gutenberg)

Número de páginas: 420


Fani, agora com 18 anos, volta da terra da rainha mais segura, mais madura, e logo se dá conta de que não é mais a mesma menina que viajou para a Inglaterra. Agora, as expectativas estão voltadas para o vestibular e o tão sonhado namoro com Leo. Mas, como em um bom filme, sua vida é cheia de surpresas, alegrias, decepções e conflitos. Ela terá de fazer escolhas difíceis e corajosas.

(sinopse retirada da capa do livro)


4 estrelas

 

Como esse é o terceiro livro da série, haverão spoilers dos dois primeiros na resenha! Se você ainda não leu os dois primeiros, confira aqui a resenha de Fazendo Meu Filme 1 e aqui a de FMF 2.

 

O livro trata principalmente da readaptação de Fani ao Brasil, e da readaptação das pessoas que ficaram aqui à presença dela. Como lidar com a família brasileira depois de um ano sem conviver com eles? E se as amigas acharem que ela agora está diferente demais e não a aceitarem mais como antes? E é aí que o livro fisga sua atenção, como os dois primeiros fizeram. É algo em que as pessoas geralmente não páram para pensar.

 

Ah, mas pelo menos agora que ela está no Brasil, o relacionamento com Leo vai finalmente dar certo sem problemas! Ou... será que não? Se tem uma coisa que aprendi com séries de livros, é que muito raramente acontece um “felizes para sempre” antes do último livro. Certo, agora os dois estão no mesmo país, sabem que amam um ao outro, mas... Será que Leo realmente está ok com Fani ter namorado durante o intercâmbio enquanto ele ficou aqui esperando por ela? E será que ela vai saber lidar com isso?

 

Os personagens continuam sendo cativantes, e o leitor se identifica e se importa com eles. Apesar de em alguns momentos ter dado vontade de entrar no livro pra bater na Fani; isso na verdade mostra como você se importa com um personagem, a vontade de evitar que ele faça algo que vai ser ruim para ele mesmo.

 

O terceiro livro tem um ritmo mais lento que os dois primeiros, o que pode refletir a volta à rotina antiga de Fani depois de dois anos agitados, um com a preparação para o intercâmbio e o outro na Inglaterra. Além disso, ele dá a impressão de preparar algo maior e mais emocionante para o quarto livro. E eu mal posso esperar.


Resenha por Ana Carla



 


Fazendo Meu Filme 2 - Fani na Terra da Rainha

Posted by San Diegirls on May 7, 2010 at 2:52 PM Comments comments (1)



Título: Fazendo Meu Filme 2 – Fani na Terra da Rainha

Autor(a): Paula Pimenta

Editora: Autêntica (selo Gutenberg)

Número de páginas: 326


Sequência de Fazendo Meu Filme (duh), resenhado semana passada aqui no SD, Fani na Terra da Rainha traz exatamente isso, o intercâmbio de Fani na Inglaterra. (E se você não leu o primeiro, essa resenha contém SPOILERS). Desde a chegada no aeroporto, conhecer a nova família, até as crises de saudade, vontade de voltar pro Brasil... Pra completar, ficar um ano longe de Leo justo quando os dois finalmente se entenderam parece ser totalmente injusto e completamente impossível.  Por outro lado, a Inglaterra é muito interessante pra passar tão pouco tempo, e a família inglesa de Fani parece amá-la antes mesmo de vê-la.


O segundo livro segue a idéia e a linha do primeiro, que também foi centrado no intercâmbio – apesar do foco diferente, no primeiro vemos as reações das pessoas que ficariam no Brasil, e nesse vemos as reações de Fani ao chegar num local estranho, sem entender direito o que as outras pessoas falam, e sem ninguém conhecido por perto.

Ele também é escrito de um jeito tão sincero que você consegue sentir o mesmo que Fani, na maioria das vezes – e pra alguém que sempre quis fazer intercâmbio como esta que vos escreve, é divertido viver isso através do livro.


Os personagens continuam consistentes, e a relação entre as amigas mesmo à distância por um ano não se altera tanto; na verdade, uma das conversas via MSN foi tão parecida com as que eu tenho, que esperei um emoticon do Hitler aparecer a qualquer momento (Fani tava levando bronca, hehe. Isso pede um emote do Hitler nas minhas conversas). Gabi e Natália, as melhores amigas do primeiro livro, continuam sendo as melhores amigas no segundo. Não é porque estão longe que isso diminui.


Os pais ingleses, Julie e Kyle, são gentis e compreensivos; a irmã inglesa, Tracy, é animada e tenta não deixar Fani sentir tanta saudade de casa; os irmãos ingleses (Teddy e Tom) são adoráveis. Os amigos ingleses são ótimos. Mas todos são realistas, cometem erros, assim como Fani também. Afinal,é a Inglaterra, e não um reino de contos de fadas – deve haver algum drama para a história se desenvolver. E, bem, a Inglaterra é um bom lugar para drama.


E o fim do livro, além de fofo e cinematográfico (oi, é de Fani que estamos falando, ela ainda é viciada em filmes), não deixa muitas questões pendentes. Agora é esperar pelo 3 e viver um filme com Fani novamente!


4 estrelas


Resenha por Ana Carla

 


Fazendo Meu FIlme - A Estreia de Fani

Posted by San Diegirls on April 29, 2010 at 1:08 PM Comments comments (5)



Título: Fazendo Meu Filme – A Estreia de Fani

Autor(a): Paula Pimenta

Editora: Autêntica (selo Gutenberg)

Número de Páginas: 329


Fani é uma adolescente normal, viciada em filmes, que mora em Belo Horizonte. Tem seus amigos, estuda, vai ao clube, etc. Até que sua mãe resolve marcar uma entrevista pra ela em um programa de intercâmbio. E ela passa na seleção. O que significa que vai passar um ano em intercâmbio na Inglaterra! Mas o primeiro livro trata não da Inglaterra, e sim de quem fica...A reação de suas amigas, a preparação e a relutância da própria Fani em deixar o Brasil pra trás por um ano inteiro. Ainda mais quando suas amigas insistem que um amigo na verdade deseja mais que amizade...




Imagine a Meg Cabot. Pense naquele livro dela que faz você ler direto, sem vontade de parar (pra mim, é Avalon High, mas não vem ao caso). Pensou? Agora imagine que ela é brasileira, e o livro se passa aqui. Pronto, é uma boa noção do que se sente lendo Fazendo Meu Filme.


Fani (ou Estefânia, como ela odeia ser chamada – e não a culpo) poderia ser alguém que você conhece do colégio, ou faculdade, ou uma vizinha. Uma garota um pouco reservada, que prefere chamar todos os amigos pra assistir DVDs a sair pra balada, e que tem poucos amigos, porém todos são ótimos e leais. O melhor amigo, Leo, é um fofo que gosta de gravar CDs pra dar de presente, e está sempre lá para o que ela precisar. Gabi e Natália são o tipo de amigas que, se você liga chorando pra elas, elas não só te consolam pelo telefone, como também vão na mesma hora até sua casa pra poder te dar um abraço e dizer que tudo vai ficar bem. E que te chamam a atenção quando você tá fazendo algo que não deveria.


A leitura é rápida e, apesar de Fani levar o livro inteiro pra perceber algo que fica relativamente claro pro leitor desde o começo, isso é acreditável. É só o jeito dela mesmo. A história é contada pelo ponto de vista de Fani, e além da narração, tem pedaços em formato de email, bilhetinhos passados em classe, conversas de MSN... Afinal, não vivemos só de conversas reais, né?


Outro ponto interessante é que, na abertura de cada capítulo, tem um trechinho de algum filme relacionado com o que acontece no capítulo. Quem é viciada em filmes como Fani já sente o drama ou o frio na barriga antes mesmo de começar o capítulo!


O que nos leva a outra coisa muito legal e uma dica: o site do livro tem todos (quase – alguns em breve estarão lá) esses trechinhos de filmes, e também as músicas dos CDs de Leo e Fani. Vale a pena ler os capítulos que têm os CDs ouvindo as músicas no site.

 


Resenha por Ana Carla


Categories