San Diegirls

O Blog Mágico de San Diego

Blog

Como Falar Dragon?s

Posted by San Diegirls on November 21, 2010 at 4:55 PM




Título: Como Falar Dragonês (Como Treinar o Seu Dragão, vol. III)

Autor(a): Cressida Cowell

Editora: Intrínseca

Nº de páginas: 238


 

Por mais que Soluço salve o povo viking e converse com dragões, sua condição de herói não parece ser garantida. Ainda. No terceiro volume da série Como Treinar o Seu Dragão, Soluço e Perna-de-Peixe (e seus respectivos dragões) se perdem do grupo numa aula de como abordar uma nau inimiga, e vão dar de cara com um navio de guerra romano - lembrando que os romanos são os inimigos nº 1 dos vikings. Esse desastroso encontro resulta em tragédia: Soluço descobre que os romanos planejam invadir Berk, sua terra natal, e para piorar, Banguela é capturado. Some a tudo isso alguns dragões-tubarões, seres altamente perigosos e que estão a solta, loucos para abocanhar o que quer que esteja em sua frente. Pronto, temos o terceiro livro da série: Como Falar Dragonês.


Acho que o livro foca mesmo na amizade e na lealdade. Como escritora de um público majoritariamente infantil, Cressida Cowell foca nos valores morais, e para uma criança, nada é tão importante (e tão educativo) quanto a amizade e a lealdade. Em cada uma das relações de Soluço, há algo a ser aprendido, desde de como lidar com a teimosia e o orgulho de Banguela a como aturar o medo e a lerdeza de Perna-de-Peixe. E, independente de sofrer bullying ou não, Soluço é leal não só a seus amigos, mas também a seu povo.


Temos alguns personagens novos, como Alvin, o viking traidor (que se sente traído) e careca! A herdeira das Ladras do Pântano, e mestre de fuga, Camicazi. Uma garotinha bastante valente e orgulhosa por ser mulher. Creio que ela ainda aparecerá em outros livros... ah, claro, e não podemos esquecer de Ziggerastica, um nanodragão ditador e nada humilde. E não esqueçamos dos romanos e de Sua Obesidade, o Cônsul Gordo.

 

Como sempre, Soluço se mete nas piores confusões possíveis, se salva, é capturado de novo, tem um plano mirabolante, não consegue executá-lo, recebe ajuda, executa o plano, salva o dia, e tudo acaba bem. Ou não. Como diria nosso querido Banguela, finais felizes são muito perfeitos, tudo certinho.


As ilustrações, sempre muito engraçadas, reforçam a qualidade do livro. É como falar no msn usando emoticons (se você é viciada, assim como eu, vai entender). Cressida Cowell entende como ninguém a criança que há dentro de todos nós. Porque, claro, não são só crianças que leem os livros dela, não é mesmo?



4 estrelas


 

Resenha por Isadora C.


Categories: Cressida Cowel, Editora Intr´┐Żnseca, S´┐Żries/Sagas

Post a Comment

Oops!

Oops, you forgot something.

Oops!

The words you entered did not match the given text. Please try again.

Already a member? Sign In

0 Comments

Categories

O site magico de San Diego


banner

MyFreeCopyright.com Registered & Protected

Parcerias

Site Parceiro

O que Ana anda lendo


O que Gani anda lendo


O que Isa anda lendo

Apoiamos!

Desafio Nacional

 


Photobucket




Twitter


Orkut


Subscribe To Our Site